A Anurofauna da Região Sul do Município de São Paulo

PIRES, Thiago A.

Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo, Rua D. Inácia Uchôa, 399/411 - Vila Mariana, CEP: 04110-021, São Paulo, SP, Brasil.

thiagoaugusto@butantan.gov.br

A Mata Atlântica é um dos biomas mais importantes do mundo, pois proporciona inúmeros micro ambientes que, por exemplo, favorecem a evolução de modos reprodutivos especializados de anuros. Possui grande diversidade e alto índice de endemismo de espécies, causado talvez pela topografia acidentada. Os anfíbios anuros são um grande exemplo dessa diversidade, já que representam mais de 400 espécies na Mata Atlântica. O estado de São Paulo abriga o maior remanescente de Mata Atlântica, a Serra do Mar, onde são registradas para o estado cerca de 250 espécies de anfíbios anuros. A região Sul do município de São Paulo é a região melhor estudada até o momento, pois abriga os maiores fragmentos florestais do município. Através de levantamento bibliográfico, foi elaborada uma lista de anuros que ocorrem na região, com o objetivo de contribuir com projetos de manutenção da biodiversidade através do conhecimento do grupo dos anfíbios. As características peculiares de cada ambiente que diferem entre áreas alteradas e preservadas, como exposição ao sol e cobertura vegetal, podem possivelmente determinar e limitar a distribuições de algumas espécies ou favorecer de outras, em ambientes alterados. Foram feitas comparações entre essas áreas, para verificar se há diferenças em relação as espécies de anuros na região sul de São Paulo. Concluiu-se que as áreas alteradas apresentaram riqueza menor de espécies de anuros que a área preservada.

Palavras–chaves: Anfíbios, biodiversidade, mata atlântica.